Estratégias de modificação do estilo de vida para tratamento da apneia obstrutiva do sono

A apneia obstrutiva do sono acontece quando a respiração é interrompida ou reduzida durante o sono, devido ao estreitamento ou bloqueio das vias aéreas superiores (tubo que leva o ar até os pulmões). Isso causa roncos altos e períodos de apneia ocasional (parada temporária da respiração). A apneia do sono pode levar a sonolência no período diurno e causar hipertensão, acidente vascular cerebral e acidentes de trânsito. Modificações no estilo de vida, especialmente a perda de peso, a higiene do sono e os exercícios, são frequentemente recomendados como tratamento para esse problema. Essas intervenções podem ajudar a diminuir a pressão sobre as vias aéreas superiores e a aumentar o tônus muscular (força dos músculos) em volta das vias aéreas. Entretanto, esta revisão não encontrou nenhum ensaio clínico que avaliasse os efeitos dessas estratégias. Por isso, mais pesquisas são necessárias.

Conclusão dos autores: 

É necessário realizar ensaios clínicos randomizados sobre esses tratamentos comumente utilizados em apneias obstrutivas do sono. Esses estudos devem identificar quais subgrupos de pacientes com apneia do sono mais se beneficiam de cada tipo de tratamento, além de usar medidas de desfechos claras e padronizadas.

Leia o resumo na íntegra...
Contexto: 

As apneias obstrutivas do sono ocorrem devido ao fechamento transitório completo das vias aéreas superiores durante o sono, enquanto nas hipopneias, há um estreitamento das vias aéreas que permite a passagem de um fluxo pequeno de ar. As apneias e hipopneias acontecem porque a forças de compressão das vias aéreas sobrepõem-se àquelas que mantêm a permeabilidade das vias aéreas. A obesidade é a condição mais frequentemente associada às apneias. Esse efeito seria devido ao depósito de tecido adiposo ao redor das vias aéreas. O exercício tem sido recomendado como um método para perda de peso. Porém, existem outras técnicas para melhorar os sintomas relacionados à apneia do sono. A higiene do sono pode alterar o padrão do sono e o controle das vias aéreas superiores durante o sono e consequentemente promover sua permeabilidade.

Objetivos: 

Os objetivos desta revisão foram avaliar se a perda de peso, a higiene do sono e os exercícios são efetivos no tratamento das apneias obstrutivas do sono.

Estratégia de busca: 

Pesquisamos nas seguintes bases de dados eletrônicas: Cochrane Airways Group Specialised Register, CENTRAL, MEDLINE, Embase, CINAHL. A busca foi complementada pela avaliação das listas de referências de artigos de revisão que foram encontrados. A última busca foi feita em abril de 2009.

Critérios de seleção: 

Foram considerados elegíveis para inclusão os ensaios clínicos randomizados que avaliaram qualquer das três intervenções. Os ensaios clínicos randomizados deveriam ser controlados por placebo, duplo-cegos ou com cegamente simples, e poderiam ter desenho de grupo paralelo ou do tipo crossover.

Coleta dos dados e análises: 

Não identificamos nenhum ensaio clínico concluído.

Resultados principais: 

Não foi possível realizar análises devido à falta de dados de ensaios clínicos randomizados. Uma busca atualizada identificou apenas um estudo apresentado na forma de resumo. Os resultados de um estudo adicional em curso são aguardados.

Notas de tradução: 

Tradução do Centro Cochrane do Brasil realizada em 26/05/2013 (Arnaldo Alves da Silva).

Tools
Information
Share/Save