Suplementação de vitamina E, selênio, cisteína e riboflavina para prevenir o Kwashiorkor em crianças em idade pré-escolar em países em desenvolvimento

A desnutrição é uma das principais causas de morbidade e mortalidade infantil nos países em desenvolvimento. Dar às crianças antioxidantes (substâncias que ajudam a diminuir os radicais livres que circulam no corpo), poderia ajudar a prevenir o desenvolvimento do Kwashiorkor (um tipo de desnutrição). Encontramos apenas um ensaio clinico cluster (um tipo de estudo) que investigou esta questão. As evidências existentes não permitiram chegar a conclusões definitivas sobre os benefícios da suplementação com antioxidantes para prevenir o Kwashiorkor em crianças em idade pré-escolar. É necessário fazer mais estudos sobre esse assunto para confirmar se a suplementação com antioxidantes pode ajudar a prevenir o Kwashiorkor em crianças pequenas.

Conclusão dos autores: 

Com base no único ensaio clinico disponível, não foi possível tirar nenhuma conclusão firme sobre a efetividade da suplementação com micronutrientes antioxidantes para a prevenção do Kwashiorkor em crianças em idade pré-escolar.

Leia o resumo na íntegra...
Contexto: 

A desnutrição proteico-calórica é uma causa importante de morbidade e mortalidade infantil nos países de baixa e média renda. Alguns estudos sugerem que a atividade excessiva dos radicais livres poderia ser responsável pelas manifestações clínicas do Kwashiorkor. Os antioxidantes podem ajudar a conter a atividade excessiva dos radicais livres e prevenir o desenvolvimento do Kwashiorkor em crianças susceptíveis.

Objetivos: 

Avaliar os benefícios da suplementação com vitamina E, selênio, cisteína e riboflavina (isoladamente ou em combinação) na prevenção do Kwashiorkor.

Estratégia de busca: 

Fizemos buscas nas seguintes bases de dados: CENTRAL 2009 (The Cochrane Library 2009 Issue 2), MEDLINE 1996 a 2009, EMBASE 1980 a 2009, CINAHL 1982 a 2009, LILACS 1982 a 2009, Meta register of Controlled trials, Open Sigle, e African Index Medicus.

Critérios de seleção: 

Incluímos ensaios clínicos randomizados (ECRs) e quasi-randomizados que avaliaram suplementação com vitamina E, selênio, cisteína e riboflavina, isoladamente ou em combinação, em crianças saudáveis em idade pré-escolar que viviam em países de baixa e média renda.

Coleta dos dados e análises: 

Dois autores, trabalhando de forma independente, extraíram e analisaram os dados

Resultados principais: 

Um ensaio clinico randomizado cluster, com 2372 crianças, preencheu nossos critérios de inclusão. As crianças foram randomizadas, com base no agregado familiar, para receber um suplemento contendo os quatro micronutrientes ou placebo. Na avaliação feita na 20a semana do estudo, não houve diferença estatisticamente significativa na incidência de Kwashiorkor entre os grupos intervenção versus controle: RR 1,70, IC 95% 0,98 a 2,42. Também não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos para mortalidade por todas as causas: RR 0,75, IC 95% 0,17 a 3,36.

Notas de tradução: 

Tradução do Cochrane South Africa e Cochrane Africa em parceria com o Cochrane Brazil (Adilson Bauhofer e Solange Durão). Contato: tradutores@centrocochranedobrasil.org.br

Tools
Information
Share/Save