Palmitato de paliperidona para a esquizofrenia

O palmitato de paliperidona constitui uma formulação intramuscular de longa-ação da paliperidona, um metabolito ativo da risperidona que estava previamente disponível apenas numa formulação oral. Avaliámos a eficácia, efeitos adversos e segurança do palmitato de paliperidona no tratamento de pessoas com esquizofrenia e perturbações esquizofreniformes. Em estudos de curto-prazo, o palmitato de paliperidona é um antipsicótico mais eficaz do que o placebo. Os efeitos adversos do palmitato de paliperidona são similares àqueles da paliperidona oral, risperidona oral e risperidona injetável de longa-ação. Em dois estudos de curto-prazo, o palmitato de paliperidona doseado de maneira flexível é aproximadamente equivalente em eficácia e tolerabilidade à risperidona injetável de longa-ação doseada de maneira flexível.

Notas de tradução: 

Traduzido por: Ricardo Manuel Delgado, Serviço de Psiquiatria da Infância e da Adolescência, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte, com o apoio da Cochrane Portugal.

Tools
Information
Share/Save