Não há evidência suficiente de que a hiperventilação melhore os resultados das pessoas com traumatismo crânio-encefálico.

O traumatismo crânio-encefálico é uma das principais causas de morte prematura e de incapacidade. Traumatismos cranianos graves podem desencadear edema cerebral, aumentando assim a pressão intracraniana, PIC. A subida da PIC aumenta a probabilidade de danos cerebrais ou morte. O tratamento para diminuir a PIC, após a lesão cerebral, geralmente envolve a hiperventilação (aumentando os níveis de oxigênio no sangue). Apesar da hiperventilação poder reduzir a PIC, após lesão cerebral traumática, a revisão dos ensaios não encontrou evidência de que isso melhore os resultados. É necessário realizar mais ensaios clínicos sobre o assunto.

Notas de tradução: 

Traduzido por: Mariana Morgado, Serviço de Cirurgia Pediátrica, Centro Hospitalar Lisboa Norte; Centro de Estudos de Medicina Baseada na Evidência, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa; com o apoio da Cochrane Portugal.

Tools
Information
Share/Save