Antibioticoterapia para Stenotrophomonas maltophilia em pessoas com fibrose cística.

Essa tradução não está atualizada. Por favor clique aqui para ver a versão mais recente em inglês desta revisão.

Stenotrophomonas maltophilia é uma bactéria resistente a vários antibióticos. Ao longo dos últimos 10 anos essa bactéria tem sido cada vez mais encontrada nos pulmões de pessoas com fibrose cística. A infecção crônica por Stenotrophomonas maltophilia tem sido relacionada às infecções pulmonares. No entanto, até o momento, não está claro se as pessoas com fibrose cística devem receber o tratamento para essa bactéria quando a mesma está presente em seus pulmões. O objetivo desta revisão é determinar se o tratamento com diferentes associações de antibióticos para Stenotrophomonas maltophilia irá melhorar a função pulmonar ou diminuir a frequência de internação hospitalar de pessoas com fibrose cística. E também verificar o efeito do tratamento da infecção crônica por Stenotrophomonas maltophilia a fim de eliminar essa bactéria dos pulmões de uma pessoa com fibrose cística. Nós não encontramos nenhum ensaio clínico randomizado que poderia ser incluído nessa revisão. Encontramos um ensaio clínico utilizando antibiótico para tratamento de exacerbações pulmonares que incluíram pacientes com Stenotrophomonas maltophilia,mas os pacientes desse estudo também tinham outras infecções causadas por outras bactérias não sendo possível obter os dados separadamente para as diferentes causas de infecção. Ensaios clínicos controlados são necessários para informar os médicos se eles devem tratar a infecção por Stenotrophomonas maltophilia em pessoas com fibrose cística. Enquanto isso, os médicos devem usar seu julgamento clínico ao considerar esta questão.

Conclusão dos autores: 

Essa revisão não identificou nenhuma evidência sobre a efetividade do tratamento com antibiótico para Stenotrophomonas maltophilia em pessoas com fibrose cística. Até essa evidência se tornar disponível, os médicos precisam usar o seu julgamento clínico para tratar ou não a infecção por Stenotrophomonas maltophilia em pacientes com fibrose cística. Os ensaios clínicos randomizados são necessários para abordar estas questões clínicas sem resposta.

Leia o resumo na íntegra...
Contexto: 

Stenotrophomonas maltophilia é um dos organismos multirresistentes a drogas mais comuns e emergentes encontrados nos pulmões de pessoas com fibrose cística e sua prevalência está aumentando. A infecção crônica com Stenotrophomonas maltophilia demonstrou recentemente ser um preditor independente de exacerbação pulmonar exigindo hospitalização e uso de antibióticos. . No entanto, o papel do tratamento com antibiótico para a infecção por Stenotrophomonas maltophilia em pessoas com fibrose cística ainda é incerto.

Objetivos: 

O objetivo da nossa revisão é avaliar a efetividade do tratamento com antibiótico para Stenotrophomonas maltophilia em pessoas com fibrose cística. O objetivo primário é avaliar a relação da função pulmonar e exacerbações pulmonares na definição de exacerbações pulmonares agudas. O objetivo secundário é avaliar essa relação à erradicação da Stenotrophomonas maltophilia..

Estratégia de busca: 

Pesquisamos no the Cochrane Cystic Fibrosis Trials Register, compilado a partir de pesquisas de bancos de dados eletrônicos e busca manual de revistas e resumos de anais de conferências. Nós também procuramos registros de ensaios clínicos em andamento e listas de referências relevantes de artigos e revisões.

Data da última pesquisa: 20 de Fevereiro de 2014.

Critérios de seleção: 

Qualquer ensaio clínico randomizado sobre monoinfecção de Stenotrophomonas maltophilia ou coinfecção de Stenotrophomonas maltophilia co-infecção com Pseudomonas aeruginosa tanto em uma exacerbação pulmonar aguda ou em uma infecção crônica tratados com antibioticoterapia de supressão.

Coleta dos dados e análises: 

Ambos os autores avaliaram independentemente os ensaios clínicos identificados pela busca como potencial inclusão na revisão.

Resultados principais: 

A estratégia de busca inicial identificou apenas um estudo que utilizou o tratamento com antibiótico para as exacerbações pulmonares que incluíram pacientes com fibrose cística com Stenotrophomonas maltoph. No entanto, este estudo teve que ser excluído porque os dados não foram avaliados por patógenos.

Notas de tradução: 

Traduzido por: Rúbia Aguiar Alencar, Unidade de Medicina Baseada em Evidências da Unesp, Brasil Contato: portuguese.ebm.unit@gmail.com

Share/Save