Acupuntura para dor no ombro


Acupuntura pode ser utilizada no tratamento de dor no ombro?

Para responder esta questão, cientistas encontraram e analisaram 9 pesquisas. Os estudos avaliaram 500 pessoas que apresentavam dor em ombro. Pessoas foram submetidas à acupuntura, ao placebo (falsa terapia), ultrassom, movimentos leves ou exercícios normalmente de 20-30 minutos, duas a três vezes na semana por três a seis semanas. Apesar de o estudo ser pequeno e não ter alta qualidade, esta revisão Cochrane apresentou a melhor evidencia que temos atualmente.

O que causa a dor no ombro e como a acupuntura pode auxiliar?
Dor no ombro pode ser causada por um número variado de condições. Pode ser causado por lesão do manguito rotador, periartrite ou capsulite adesiva (ombro enrijecido). Dor no ombro pode as vezes desaparecer por si só, mas pode durar 12 a 18 meses. Tratamentos medicamentosos e não medicamentosos são usados para aliviar a dor e/ou o inchaço. Acupuntura é uma terapia não medicamentosa sendo utilizada cada vez mais no tratamento de dor no ombro. Imagina-se que a acupuntura alivie a dor substituindo os sinais de dor nos nervos ou permitindo que a energia ou sangue flua livremente pelo corpo. Não se sabe se a acupuntura funciona ou se é eficaz.

Qual a eficácia da acupuntura?
As melhorias com a acupuntura para dor e movimentação apresentaram os mesmos efeitos que o tratamento placebo por 2 a 4 semanas.

Um estudo mostrou que acupuntura melhoraria a função do ombro mais do que a terapia placebo após 4 semanas. Mas após 4 meses, as melhorias foram as mesmas com apenas 4 pontos a mais na escala de 0 a 100 para a acupuntura.

Um pequeno estudo mostrou que acupuntura associada ao exercício era melhor do que apenas exercício para a melhora da dor, amplitude de movimento e função por até 5 meses.

Quão seguro isto é?
Os efeitos colaterais não foram mensurados em muitos dos estudos. Um estudo mostrou que efeitos colaterais como desmaio, cefaleia, tontura, inchaço ou fraqueza nas pernas, surgiram tanto com acupuntura quanto terapia placebo.

Qual é a conclusão?

Não há evidências suficientes para afirmar se a ação da acupuntura trata a dor no ombro ou se é nocivo.

A partir das poucas evidencias que há, a acupuntura pode melhorar a dor e a função do membro em curto prazo (2 a 4 semanas).

Conclusão dos autores: 

Devido ao numero reduzido de diferentes estudos clínicos e metodológicos, pouco pode-se concluir nesta revisão. Há pouca evidência para apoiar ou refutar o uso da acupuntura em dor no ombro, embora possa haver a curto prazo benefícios relacionados à dor e ao funcionamento do membro. Há necessidade de estudos clínicos melhor formulados.

Leia o resumo na íntegra...
Contexto: 

Há muitas formas de empregar o tratamento de distúrbios do ombro. Esta revisão de acupuntura é uma de várias revisões sobre variáveis intervenções para distúrbios do ombro, incluindo capsulite adesiva (ombro enrijecido), lesão do manguito rotador e osteoartrites. Acupuntura está sendo cada vez mais utilizada no tratamento de dores musculoesqueléticas com efeito analgésico e até o momento a disfunção de ombro não foi avaliada de forma sistemática.

Objetivos: 

Determinar a eficácia e segurança da acupuntura no tratamento de adultos com dor no ombro.

Estratégia de busca: 

The Cochrane Controlled Trials Register, MEDLINE, EMBASE e CINAHL foram utilizados para busca a partir do inicio de dezembro 2003 e uma lista de estudos relevantes foi revisada.

Critérios de seleção: 

Ensaios clínicos randomizados e parcialmente randomizados, em todas as línguas, sobre acupuntura comparada ao placebo ou outra intervenção em adultos com dor no ombro. Excluiu-se dor no ombro com menos de três semanas de duração, artrite reumatoide, polimialgia reumática, dor referida de cervicalgia e fratura.

Coleta dos dados e análises: 

Dois revisores independentes avaliaram os estudos e formularam resultados. Para medida de resultados contínuos, nos quais os desvios-padrão não foram reportados, estes foram calculados a partir dos dados fornecidos ou convertidos a partir do erro padrão da média. Se nenhum destes foi reportado, os autores foram contatados. Nos quais os resultados foram reportados como mediana e intervalo, os estudos não foram inclusos na meta analise, mas estão presentes em tabelas adicionais. Os tamanhos efetuados foram calculados e combinados em uma análise conjunta se a população do estudo e a intervenção foram homogêneas. Resultados foram apresentados separadamente para lesão do manguito rotador, capsulite adesiva, espessura total do manguito rotador e diagnósticos mistos, e, sempre que possível, combinado meta-analise para indicar os efeitos da acupuntura em todos os distúrbios de ombro.

Resultados principais: 

Nove estudos de variadas metodologias encaixaram-se nos critérios de inclusão. Em todos os ensaios clínicos havia poucas informações descritas sobre a intervenção. Variados placebos foram usados em diferentes estudos Dois estudos avaliaram a curto prazo o sucesso (pós intervenção) da acupuntura na lesão de manguito rotador e pode ser combinado à metanálise. Não há a curto prazo diferença significativa na melhora associada com a acupuntura quando comparada ao placebo, mas devido ao pequeno tamanho da amostra isto pode ser explicado pelo erro de Tipo II. A acupuntura é mais benéfica que o placebo na melhoria do Constant Murley Score (uma escala de medida da função do ombro) em quatro semanas (WMD 17.3 (7.79, 26.81)). No entanto, em quatro meses, a diferença entre os grupos de acupuntura e placebo, enquanto ainda estatisticamente significativa, já não era susceptível de ser clinicamente significativa (WMD 3.53 (0.74, 6.32)). O Constant Murley Score é graduado até 100, portanto, uma diferença de 3.53 é pouco provável que seja um beneficio substancial. Os resultados de um pequeno estudo inicial demonstraram beneficio na acupuntura tradicional e na auricular associada à mobilização sobre mobilização apenas. Não houve diferença em eventos adversos relacionados à acupuntura quando comparada ao placebo, contudo isto foi avaliado por apenas um estudo.

Notas de tradução: 

Traduzido por: Marcelo Zerbetto Fabricio, Unidade de Medicina Baseada em Evidências da Unesp, Brazil Contato: portuguese.ebm.unit@gmail.com

Tools
Information
Share/Save