Aumento da ingestão de água para prevenir cálculos renais

Pergunta da revisão

Realizámos esta revisão para avaliar se beber mais água previne que as pessoas desenvolvam cálculos renais.

Contexto

É comum as pessoas desenvolverem cálculos renais. Beber mais água do que o habitual pode prevenir que as pessoas que nunca tiveram cálculos renais desenvolvam cálculos renais e/ou ajudar as pessoas que já tiveram cálculos renais no passado a não desenvolver novamente cálculos renais. É incerto se esta estratégia é eficaz e se tem efeitos adversos.

Característica do estudo

Pesquisámos artigos publicados até outubro de 2019. Incluímos estudos que aleatorizaram os participantes para beberem mais água (de modo a urinarem pelo menos 2 litros) ou para não alterarem a sua ingestão habitual de líquidos. Não encontrámos estudos com pessoas que nunca tivessem tido cálculos renais. Identificámos um estudo, realizado em 220 doentes sem cálculos quando iniciaram o estudo, mas que já tinham tido cálculos de cálcio. A idade média foi de 41 anos e dois terços dos participantes eram homens.

Resultados principais

Descobrimos que beber mais água pode reduzir o risco de surgirem novamente cálculos. Poderá ainda prolongar o tempo até se formarem novos cálculos. Não detetámos evidência de efeitos adversos associados a beber mais água.

Certeza da evidência

O grau de certeza para os resultados avaliados foi reduzido. Isto significa que os resultados na realidade poderão ser diferentes dos resultados detetados neste estudo.

Notas de tradução: 

Tradução por Miguel Bigotte Vieira, Serviço de Nefrologia, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, com o apoio da Cochrane Portugal

Tools
Information
Share/Save