Agentes imunossupressores para o tratamento da nefropatia IgA

Qual é o problema?
A nefropatia IgA é uma doença renal frequente que conduz frequentemente a diminuição da função renal e que pode resultar em doença renal crónica estádio 5 num terço das pessoas afetadas. A causa da nefropatia IgA é desconhecida, apesar da maioria das pessoas com a doença terem alterações no seu sistema imunitário.

O que fizemos?
Em setembro de 2019 pesquisámos todos os ensaios clínicos que avaliaram o efeito de terapêutica imunossupressora em pessoas com nefropatia IgA. Medimos o grau de certeza existente relativamente aos tratamentos usando um sistema chamado “GRADE”.

O que descobrimos?
Descobrimos 58 estudos envolvendo 3933 adultos e crianças que foram tratados com terapêutica imunossupressora. Os doentes incluídos nos estudos receberam corticóides ou outras terapêuticas para reduzir as ações no seu sistema imunitário. O tratamento que receberam foi decidido de modo aleatório. O tratamento com corticóides administrado durante 2 a 4 meses pareceu retardar a lesão renal e provavelmente previne que os doentes desenvolvam doença renal crónica estádio 5. É incerto se os corticóides originaram efeitos adversos tais como infeções. Um estudo foi suspenso precocemente porque os doentes que receberam corticóides tiveram mais infeções do que os doentes que receberam placebo. Outros medicamentos como a ciclofosfamida, azatioprina e micofenolato de mofetil não protegeram de modo claro a função renal em doentes com nefropatia de IgA.

Conclusões

A terapêutica com corticóides poderá prevenir doença renal crónica estádio 5 em doentes com nefropatia IgA mas os riscos de infeções sérias são incertos com tratamento.

Notas de tradução: 

Tradução por Miguel Bigotte Vieira, Serviço de Nefrologia, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, com o apoio da Cochrane Portugal

Tools
Information
Share/Save