Comparação de dois relaxantes musculares, rocurônio e succinilcolina, para facilitar a intubação após indução em sequência rápida

Essa tradução não está atualizada. Por favor clique aqui para ver a versão mais recente em inglês desta revisão.

Em situações de emergência alguns pacientes necessitam de anestesia geral com intubação orotraqueal (tubo para auxiliar na respiração). É importante dispor de medicamentos de rápida ação que permitam ao médicos realizarem este procedimento de forma rápida e segura. Atualmente, o relaxante muscular mais utilizado para alcançar este objetivo é a succinilcolina. A succinilcolina apresenta um rápido início de ação e duração de apenas alguns minutos o que é desejável neste contexto. Entretanto, alguns pacientes não podem fazer uso desta medicação uma vez que ela pode causar graves alterações eletrolíticas ou reações, de modo que um medicamento igualmente efetivo e que não apresente estes efeitos colaterais é desejável. Esta metanálise comparou uma possível alternativa, o rocurônio, quanto a qualidade das condições de intubação (facilidade com a qual os médicos conseguem introduzir de modo rápido e seguro o tubo endotraqueal). Nesta revisão, combinamos os resultados de 37 estudos, com um total de 2690 pacientes, comparando os efeitos da succinilcolina e do rocurônio quanto as condições de intubação. Encontramos que o rocurônio é menos efetivo que a succinilcolina para proporcionar condições excelentes de intubação. O rocurônio, deste modo, deveria ser utilizado como uma alternativa a succinilcolina, quando houver alguma restrição a sua utilização.

Conclusão dos autores: 

A succinilcolina proporcionou condições de intubação superiores ao rocurônio quando comparando condições de intubação excelentes ou aceitáveis.

Leia o resumo na íntegra...
Contexto: 

Pacientes que necessitam de intubação endotraqueal em caráter de emergência frequentemente requerem uso de técnica de intubação por meio de indução em sequencia rápida (ISR) para proteção contra aspiração ou aumento de pressão intracraniana, ou para facilitar a intubação. A succinilcolina é o relaxante muscular mais utilizado devido ao seu rápido início de ação e curta duração; infelizmente, pode apresentar graves efeitos adversos. O rocurônio tem sido sugerido como uma alternativa a succinilcolina para intubação. Esta metanálise é uma atualização uma vez que nossa revisão sistemática Cochrane foi realizada em 2003.

Objetivos: 

Determinar se o rocurônio permite condições de intubação comparáveis a succinilcolina durante intubação após ISR. Comparações foram realizadas com base na dose do rocurônio, utilização de narcóticos, intubação de emergência versus eletiva, idade e agente de indução. O desfecho primário foi a obtenção de excelentes condições de intubação. O desfecho secundário foi a obtenção de condições aceitáveis de intubação.

Estratégia de busca: 

Em nossa revisão sistemática inicial realizamos uma busca em todas as bases de dados até março de 2000. Nós atualizamos essa busca e realizamos buscas na Cochrane Central Register of Controlled Trials (The Cochrane Library, 2007 fascículo 3), MEDLINE (de 1966 até a terceira semana de junho de 2007), EMBASE (de 1988 até a 26 semana de 2007) por ensaios clínicos randomizados ou ensaios clínicos controlados relacionando o uso de rocurônio e succinilcolina. Incluímos periódicos em língua estrangeira e realizamos buscas manuais por referências nos estudos identificados para citações adicionais.

Critérios de seleção: 

Incluímos todos os ensaios clínicos que preencheram os critérios de inclusão (comparação de rocurônio e succinilcolina, principais desfechos de condições de intubação).

Coleta dos dados e análises: 

Dois autores (JP, JL ou VS) extraíram os dados e avaliaram a qualidade metodológica quanto ao sigilo da alocação de modo independente. Combinamos os desfechos no Revman utilizando risco relativo (RR) com um modelo de efeito randômico.

Resultados principais: 

Em nossa revisão sistemática inicial identificamos 40 estudos e incluímos 26. Nesta atualização identificamos 18 estudos adicionais e incluímos 11. No total, identificamos 58 estudos em potencial; 37 foram combinados para meta-análise. De modo geral, a succinilcolina foi superior ao rocurônio, RR 0,86 (intervalo de confiança de 95% - 0,80 a 0,92) (n = 2690). No grupo que utilizou propofol para indução, as conduções de intubação foram superiores com a succinilcolina (RR 0,88, IC 95% 0,80 a 0,97) (n = 1183). Estes resultados vão de encontro a nossa meta-análise prévia onde reportamos que as condições de intubação foram superiores no grupo do rocurônio quando o propofol foi utilizado. Não encontramos diferença estatística nas condições de intubação quando a succinilcolina foi comparada a 1,2mg/kg de rocurônio; entretanto, a succinilcolina foi clinicamente superior por apresentar uma duração de ação mais breve.

Notas de tradução: 

Traduzido por: Dailson Mamede Bezerra, Unidade de Medicina Baseada em Evidências da Unesp, Brazil. Contato: portuguese.ebm.unit@gmail.com

Share/Save