Anticoagulantes para prevenir coágulos sanguíneos em pessoas com cancro e cateteres venosos centrais

Contexto
Um cateter venoso central (CVC) é um tubo que é inserido numa grande veia para administração de líquidos ou medicamentos. A colocação do CVC aumenta o risco de coágulos sanguíneos em pessoas com cancro. Esta revisão avaliou a eficácia e a segurança de anticoagulantes em pessoas com cancro e CVC.

Características dos estudos
Fizemos uma pesquisa na literatura científica de estudos de anticoagulantes em pessoas com cancro e CVC. A evidência é atual até 14 de maio de 2018.

Resultados principais
Foram incluídos 13 ensaios clínicos, que envolveram um total de 3420 pessoas com cancro e CVC. A maioria dos ensaios clínicos incluíram pessoas com vários tipos e estádios de cancro. Sete estudos compararam anticoagulantes injetáveis com ausência de anticoagulação, seis estudos compararam anticoagulantes orais (comprimidos) com ausência de anticoagulação e três estudos compararam anticoagulantes injetáveis com anticoagulantes orais (comprimidos). Considerando as pessoas com cancro e CVC, os anticoagulantes injetáveis provavelmente reduzem o risco de coágulos sanguíneos relacionados com o CVC em comparação com a ausência de anticoagulação e provavelmente aumentam o risco de trombocitopenia (baixos níveis de plaquetas no sangue, o que causa hemorragia nos tecidos) em comparação com anticoagulantes orais (comprimidos).

Grau de confiança na evidência:
Comparando anticoagulantes injetáveis com ausência de anticoagulação, o nosso grau de confiança na evidência científica disponível é moderado para a formação de coágulo sanguíneos no local do cateter, baixa mortalidade, infecção no local do cateter e hemorragia ligeira, e muito baixo para hemorragia grave.

Comparando anticoagulantes orais (comprimidos) com ausência de anticoagulação, o nosso grau de confiança na evidência científica é baixo para a mortalidade, hemorragia ligeira e grave, remoção prematura do cateter e infecções relacionadas com cateteres e baixo a muito baixo para a formação de coágulos sanguíneos no local do cateter.

Comparando anticoagulantes injetáveis com anticoagulantes orais (comprimidos), o nosso grau de confiança na evidência científica é baixo para a mortalidade, formação de coágulos sanguíneos nos membros e muito baixo para a formação de coágulos sanguíneos no local do cateter, hemorragia ligeira e grave.

Notas de tradução: 

Traduzido por: Mariana Alves, Médica do Internato de Formação Específica de Medicina Interna, Centro Hospitalar de Lisboa Norte, Lisboa, Portugal. Com o apoio da Cochrane Portugal.

Tools
Information
Share/Save