Não há evidência até agora para apoiar o uso de solução salina isotônica como fluido de manutenção em vez de solução salina hipotônica

É prática comum dar fluidos intravenosos (i.v.) a pacientes com infecções agudas graves, mas não há consenso quanto a que concentração de sódio destes fluidos deve ser. Os médicos têm tradicionalmente usado fluidos intravenosos que contém uma concentração de sódio mais baixo do que é encontrado normalmente no plasma humano; isto é conhecido como solução salina hipotônica. No entanto, como os doentes com infecções graves, muitas vezes têm baixos níveis de sódio e efeitos adversos, por vezes, ocorre com o uso de grandes quantidades de salina hipotônica, tem sido proposta a utilização de fluidos intravenosos que têm uma concentração de sódio semelhante ao de uma pessoa saudável - salina isotônica . Esta revisão foi incapaz de encontrar quaisquer dados de ensaios clínicos randomizados que estabeleçam o que é melhor.

Conclusão dos autores: 

Embora haja ampla evidência em outros lugares que a administração de grandes volumes de fluidos hipotônicos levou a hiponatremia grave e desfechos neurológicos adversos em muitos pacientes com uma variedade de condições médicas e cirúrgicas, não encontramos ensaios clínicos controlados randomizados investigando se o uso de solução salina isotônica como fluido de manutenção naqueles que necessitam de fluidos intravenosos seria uma alternativa mais segura. Pesquisas cuidadosas com tamanhos de desenho e amostras adequadas são necessárias para avaliar os benefícios e segurança do uso de solução salina isotônica como fluido de manutenção em uma variedade de condições clínicas agudas.

Leia o resumo na íntegra...
Contexto: 

Salina hipotônica (como 0,18-0,3% de NaCl com dextrose) é comumente utilizada como fluido de manutenção no tratamento de infecções agudas. Nos últimos anos tem havido inúmeros relatos de soluções salinas hipotônicas sendo associadas com resultados adversos. Para reduzir as taxas de resultados adversos, foi proposto o uso de salina isotônica como fluido de manutenção.

Objetivos: 

Avaliar os efeitos adversos e os benefícios associados com a infusão de salina hipotônica comparado com soluções salinas isotônicas no tratamento de infecções agudas.

Estratégia de busca: 

Buscamos no MEDLINE, EMBASE, Cochrane Controlled Trials Register, Current Controlled Trials e no Specialised Register of the Injuries Group.

Critérios de seleção: 

Ensaios clínicos randomizados comparando salina hipotônica com salina isotônica no manejo de infecções agudas.

Coleta dos dados e análises: 

Três revisores independentemente avaliaram todos os artigos potencialmente relevantes, examinaram cada estudo para possível inclusão e avaliaram a qualidade metodológica utilizando os guidelines da Cochrane.

Resultados principais: 

Nenhum ensaio clínico preencheu os critérios de inclusão.

Notas de tradução: 

Tradução CD004169. Traduzido por: Joyce Mendes Soares, Unidade de Medicina Baseada em Evidências da Unesp, Brazil. Contato: portuguese.ebm.unit@gmail.com

Tools
Information
Share/Save