Efeitos da suplementação com vitamina B6 (piridoxina) na gravidez ou parto sobre resultados maternos e neonatais

Esta revisão não conseguiu fornecer evidências a partir de estudos clínicos randomizados de que a suplementação de rotina com vitamina B6 durante a gravidez traga algum benefício, exceto por um estudo que sugere proteção contra cáries. A vitamina B6 pode ser prejudicial se tomada em grandes quantidades, já que doses muito acima das recomendadas podem estar associadas com dormência e dificuldade para andar.

A vitamina B6 é uma vitamina solúvel em água (hidrossolúvel). Ela desempenha papel vital em numerosos processos metabólicos no corpo humano e ajuda no desenvolvimento do sistema nervoso. A vitamina B6 é encontrada em muitos alimentos, como carne, aves, peixes, vegetais e bananas. Acredita-se que a vitamina B6 pode desempenhar um papel na prevenção da pré-eclâmpsia, condição em que a gestante tem aumento dos níveis pressóricos, acompanhado de perda de proteínas na urina ou disfunção de outros órgãos, e na prevenção do nascimento de bebês prematuros. A vitamina B6 pode ajudar a diminuir náuseas na gravidez. Esta revisão de quatro estudos (envolvendo 1.646 mulheres) avaliou a suplementação de vitamina B6 de rotina durante a gravidez com o objetivo de prevenir a pré-eclâmpsia e parto prematuro. De acordo com os resultados de um estudo, a ingestão de cápsulas ou pastilhas de vitamina B6 resultou na diminuição de cáries nas gestantes. Como as pastilhas tinham maior efeito, isso sugere um efeito local ou tópico da piridoxina na boca. Nós não encontramos nenhuma diferença clara no risco de eclâmpsia e pré-eclâmpsia (três e dois estudos, respectivamente, com evidência de baixa qualidade).Os estudos não tinham dados suficientes que permitissem fazer qualquer outra avaliação útil.

Os estudos incluídos nesta revisão foram conduzidos entre 1960 e 1983 e não avaliaram importantes desfechos dos recém-nascidos, que só recentemente foram associados a vitamina B6, como a diminuição das malformações cardiovasculares e fendas orofaciais. Os estudos iniciaram a suplementação da vitamina em diferentes momentos da gravidez, a maioria tinha altas taxas de perda de seguimento, e os efeitos adversos do uso de vitamina B6 (piridoxina) não foram avaliados.

Mais estudos seriam úteis para avaliar desfechos como fendas orofaciais, malformações cardiovasculares, desenvolvimento neurológico, parto prematuro, pré-eclâmpsia e eventos adversos.

Conclusão dos autores: 

Havia poucos estudos, relatando poucos desfechos clínicos, e a maioria dos estudos tinha metodologia não clara e seguimento inadequado. Não há evidência suficiente para avaliar os benefícios da suplementacão com vitamina B6 na gravidez e/ou no parto, exceto por um estudo sugerindo proteção contra a cárie dental. Futuros estudos são necessários para avaliar esses e outros desfechos, como fendas orofaciais, malformações cardiovasculares, desenvolvimento neurológico, parto prematuro, pré-eclâmpsia e eventos adversos.

Leia o resumo na íntegra...
Contexto: 

A vitamina B6 desempenha um papel vital em numerosos processos metabólicos no corpo humano, como no desenvolvimento e funcionamento do sistema nervoso. Ela tem sido associada com alguns benefícios em estudos não randomizados, como notas de Apgar mais altas, maior peso ao nascer e menor taxa de pré-eclâmpsia e parto prematuro. Estudos recentes também sugerem uma proteção contra certas malformações congênitas.

Objetivos: 

Avaliar os efeitos clínicos da suplementação de vitamina B6 durante a gravidez e/ou parto.

Estratégia de busca: 

Pesquisamos a Cochrane Pregnancy and Childbirth Group Trials Register (até 31 de março de 2015) e as listas de referências dos estudos identificados pela busca.

Critérios de seleção: 

Incluímos ensaios clínicos randomizados que compararam a administração de vitamina B6 durante a gravidez e/ou o parto versus placebos, nenhuma suplementação ou suplementos que não continham vitamina B6.

Coleta dos dados e análises: 

Dois revisores, independentemente, avaliaram os estudos para inclusão, e riscos de viés, extraíram e checaram a acurácia dos dados. Para esta atualização, avaliamos a qualidade metodológica dos estudos incluídos utilizando o risco de viés e a metodologia GRADE.

Resultados principais: 

Incluímos quatro estudos (1.646 mulheres). A randomização não era clara em nenhum dos quatro estudos e o sigilo de alocação foi relatado em apenas um deles. Dois estudos usaram cegamento dos participantes e dos avaliadores de desfechos. Um estudo relatou que a ingestão de cápsulas ou pastilhas de vitamina B6 resultou na diminuição de cárie dentária nas gestantes (cápsulas: razão de risco, RR, 0,84; intervalo de confiança de 95%, 95% CI, 0,71 a 0,98; um estudo, n = 371, evidência de baixa qualidade;pastilhas: RR 0,68; 95% CI 0,56 a 0,83; um estudo, n = 342, evidência de baixa qualidade).Um estudo pequeno relatou que o grupo suplementado com vitamina B6 teve peso médio ao nascer reduzido (diferença da média -0,23 kg; 95% CI -0,42 a -0,04; n = 33; um estudo). Não encontramos nenhuma diferença estatisticamente significante no risco de eclâmpsia (cápsulas: n = 1.242; três estudos; pastilhas: n = 944; um estudo), pré-eclâmpsia (cápsulas: n = 1.197; dois estudos, evidência de baixa qualidade;pastilhas: n = 944; um estudo, evidência de baixa qualidade)ou notas a de Apgar no primeiro minuto baixas (piridoxina oral: n = 45; um estudo), entre os grupos com e sem suplementação. Nenhuma diferença foi encontrada na nota de Apgar de 5 minutos, ou na produção de leite materno entre as mulheres do grupo controle e as que receberam piridoxina oral (n = 24; um estudo) ou vitamina B6 intramuscular (n = 24; um estudo) repetidas doses até o parto. No geral, julgamos o risco de viés como incerto. De acordo com a metodologia GRADE, a qualidade das evidências foi baixa tanto para cáries dentárias quanto para pré-eclâmpsia. Outros desfechos primários, como parto prematuro antes de 37 semanas e baixo peso ao nascer, não foram relatados nos estudos incluídos.

Notas de tradução: 

Tradução do Centro Cochrane do Brasil (Fernando Takashi Kojima Marques)

Tools
Information
Share/Save