Combinações de fármacos para dor neuropática crônica em adultos

A dor neuropática - devido a doença ou dano neurológico - é geralmente tratada com medicamentos para dor que têm efeito limitado e/ou efeitos adversos relacionados a dose quando administrados sozinhos. Combinações de mais de um fármaco são frequentemente utilizadas com o objectivo de alcançar o melhor alívio da dor ou menos efeitos colaterais (se o efeito do alívio da dor dos fármacos combinados é mais aditivo do que os efeitos colaterais), ou ambos. Apesar das evidências de que mais de 45% dos indivíduos que sofrem de dor neuropática tomam dois ou mais fármacos para a dor, foi encontrado apenas 21 estudos de alta qualidade sobre várias combinações diferentes de medicamentos sistêmicos e tópicos. Dada a ampla variedade possível de diferentes combinações de medicamentos e ao pequeno número de estudos, os resultados para a dor neuropática desta revisão são insuficientes para sugerir o valor de qualquer combinação específica de fármacos. No entanto, a publicação de vários estudos de alta qualidade, sugerindo a superioridade de algumas combinações de fármacos, juntamente com evidências de que combinações de fármacos são amplamente utilizadas na prática clínica, realça a importância da realização de mais estudos de associação com uma metodologia melhor.

Conclusões dos autores: 

Múltiplos estudos de boa qualidade demonstraram eficácia superior das combinações de dois fármacos. No entanto, o número de estudos disponíveis de qualquer combinação específica, bem como outros fatores de estudo (ex: tamanho e duração limitados do ensaio clínico), impedem a recomendação de qualquer combinação específica de fármacos para dor neuropática. Demonstração de benefícios das combinações por vários estudos juntamente com os relatórios de polifarmácia clínica para dor neuropática certamente proporcionam uma base racional para futuras avaliações adicionais rigorosas. De modo a identificar corretamente uma combinação de fármacos específica que proporciona uma eficácia e/ou segurança superior, recomenda-se que estudos futuros sobre dor neuropática de combinações de dois fármacos incluam comparações com placebo e ambos agentes sozinhos. Dado o aparente impacto adverso de agentes combinados com perfis de efeitos adversos semelhantes (ex: depressão SNC), o desenvolvimento antecipado e disponibilidade de agentes não sedativos para dor neuropática pode levar a identificação de mais combinações de fármacos analgésicos mais favoráveis em que os efeitos colaterais não são agravados.

Leia o resumo na íntegra...
Introdução: 

Farmacoterapia ainda é uma opção importante para o tratamento de dor neuropática. No entanto, como monoterapia, os fármacos atuais são relacionados a uma eficácia limitada e efeitos adversos dose-dependente. Combinando dois ou mais fármacos diferentes pode melhorar a eficácia analgésica e, em algumas situações, reduzir os efeitos adversos de um modo geral (por exemplo se as interações sinérgicas permitem reduzir a dose dos fármacos combinados).

Objetivos: 

Esta revisão avalia a eficácia, tolerabilidade e segurança de vários fármacos combinados para o tratamento de dor neuropática.

Estratégia de busca: 

Foram identificados ensaios clínicos controlados randomizados (ECCR) de vários fármacos combinados para dor neuropática no CENTRAL, MEDLINE, EMBASE e busca manual de outras revisões e registros de ensaios clínicos. A busca mais recente foi realizada no dia 9 de Abril de 2012.

Critérios de seleção: 

Estudos randomizados, duplo-cegos comparando combinações de dois ou mais fármacos (sistêmicos ou tópicos) com placebo e/ou com pelo menos um controle para o tratamento de dor neuropática.

Coleta dos dados e análises: 

Dados extraídos de cada estudo incluíam: proporção de participantes a) relatando redução da dor de ≥30% do basal OU ≥ alívio de dor moderado, OU ≥ melhora global moderada; b) abandono do estudo devido a um tratamento de emergência dos efeitos adversos; c) relato de cada efeito adverso específico (ex: sedação, tontura) de ≥ severidade moderada. A principal comparação de interesse foi entre o estudo do fármaco e um ou ambos controles de um agente apenas. Foram combinados estudos se estes avaliavam a mesma classe de fármacos com doses e duração de tratamento similares. Utilizou-se RevMan 5 para analisar dados de desfechos binários.

Principais resultados: 

Foram identificados 21 estudos elegíveis: quatro (578 participantes) avaliaram a combinação de um opioide com gabapentina ou pregabalina; dois (77 participantes) avaliaram um opioide com um antidepressivo tricíclico; um (56 participantes) de gabapentina ou nortriptilina; um (120 participantes) de gabapentina e ácido alfa-lipoico, três (90 participantes) de flufenazina com antidepressivo tricíclico; três (90 participantes) de um bloqueador de N-metil-D-aspartato (NMDA) com um agente de uma classe diferente de fármaco; cinco (604 participantes) de vários medicamentos tópicos; um (313 participantes) de tramadol com acetaminofeno; e um outro (44 participantes) de bloqueador de colecistocinina (L-365.260) com morfina. A maioria das combinações avaliaram os dados envolvendo fármacos, cada um dos quais partilham alguns elementos de depressão do sistema nervoso central (SNC) (ex: sedação, disfunção cognitiva). Este aspecto de efeitos adverso de sobreposição entre os agentes combinados foi frequentemente refletido nas taxas de abandono semelhantes ou superiores para combinações e podem assim limitar substancialmente a utilidade de tais combinações de fármacos. A meta-análise foi possível apenas para uma comparação de somente uma combinação, por exemplo gabapentina + opioide versus apenas gabapentina. Esta meta-análise envolvendo 386 participantes de dois estudos demonstrou modesta, mas estatisticamente significante, superioridade da combinação de gabapentina + opioide sobre apenas gabapentina. No entanto, esta combinação também produziu efeitos adversos significativamente mais frequentes relacionados ao abandono dos ensaios clínicos em comparação com a gabapentina sozinha.

Notas de tradução: 

Notas de tradução CD008943.pub2

Tools
Information
Share/Save