Intervenções para hordéolo interno agudo

A tradução não está atualizada. Por favor clique aqui para ver a versão mais recente em inglês desta revisão.

Hordéolo é uma inflamação comum, dolorosa da pálpebra que é causada geralmente por uma infecção bacteriana.A infecção afeta as glândulas de óleo na pálpebra e resulta em um inchaço.Muitas vezes, os caroços fixos infectadas drenam e curam por si só sem tratamento.No entanto, a infecção pode, por vezes, se espalhar para outras glândulas nos olhos e pode tornar-se de longa duração. Ele também pode se transformar em um cisto (conhecido como um calázio).

Hordéolo pode ser interna (no interior da pálpebra) ou externo (do lado de fora da pálpebra perto dos cílios).Hordéolo do lado de fora da pálpebra é conhecido como terçol. Hordéolo também pode ser agudo (aparecendo de repente e cura em um curto período de tempo) ou crônico (de longa duração e que ocorrem ao longo do tempo).

Tratamentos comuns para hordéolo incluem compressas quentes aplicadas em casa, medicamentos tópicos disponíveis no balcão e fricção da pálpebra, antibióticos ou esteróides, massagens da pálpebra e outros. O objetivo desta revisão foi para ver se esses tratamentos funcionam. Foram incluídos apenas estudos de pacientes com hordéolo interno agudo. Nós não incluímos estudos de pacientes com hordéolo ou casos de longa duração de hordéolo.

Não identificamos nenhum ensaio clínico para esta revisão, portanto, nenhuma evidência foi encontrada a favor ou contra a eficácia dos tratamentos comuns para hordéolo. Ensaios clínicos controlados seriam úteis para mostrar quais os tratamentos que ajudam as pessoas com hordéolo interno agudo.

Conclusões dos autores: 

Nós não encontramos qualquer evidência a favor ou contra a eficácia das intervenções não-cirúrgicas para o tratamento de hordéolo. Ensaios clínicos controlados seriam úteis para determinar quais as intervenções são eficazes para o tratamento de hordéolo agudo interno.

Leia o resumo na íntegra
Introdução: 

Hordéolo é uma inflamação comum, dolorosa da margem palpebral, que geralmente é causada por infecção bacteriana. A infecção afeta as glândulas de óleo da pálpebra e pode ser interna ou externa. Em muitos casos, os caroços resolvem espontaneamente e sem tratamento; no entanto, a inflamação pode se espalhar para outras glândulas ou tecidos oculares e as recidivas são comuns. Se não resolvidos, hordéolo interno agudo pode se tornar crônico ou pode evoluir para calázio. Hordéolos externos, também conhecido como terçol, não foram incluídas no âmbito desta revisão.

Objetivos: 

O objetivo desta revisão foi investigar a eficácia e a segurança dos tratamentos não-cirúrgicos para hordéolo interno agudo em comparação com a observação ou placebo.

Estratégia de busca: 

Buscamos no CENTRAL (o qual contém o Cochrane Eyes and Vision Group Trials Register) (The Cochrane Library 2012, Edição 7), Ovid MEDLINE, Ovid MEDLINE In-Process and Other Non-Indexed Citations, Ovid MEDLINE Daily, Ovid OLDMEDLINE, (Janeiro de 1950 a Julho de 2012), EMBASE (Janeiro de 1980 a Julho de 2012), Latin American and Caribbean Literature on Health Sciences (LILACS) (January de 1982 a Julho de 2012), the meta Register of Controlled Trials ( m RCT) ( www.controlled-trials.com ), e Clinicaltrials.gov). (www.clinicaltrials.gov) e o WHO International Clinical Trials Registry Platform (ICTRP)(www.who.int/ictrp/search/en). Não foram utilizadas quaisquer restrições de data ou de linguagem nas buscas eletrônicas dos ensaios clínicos. A última busca eletrônica no banco de dados foi em 26 de Julho de 2012.

Critérios de seleção: 

Os critérios de seleção para esta revisão incluíram ensaios clínicos randomizados ou quasi-randomizados de participantes diagnosticados com hordéolo interno agudo. Estudos com participantes com hordéolo externo (terçol), hordéolo crônico, ou balázio foram ecluidos. Intervenções não-cirúrgicos de interesse incluíram o uso de compressas quentes ou mornas, fricção da pálpebra, antibióticos ou esteróides em comparação com a observação, placebo ou outras intervenções ativas.

Coleta dos dados e análises: 

Dois revisores, independentemente, avaliaram as referências identificadas por pesquisa eletrônica para inclusão nesta revisão. Nenhum estudo relevante foi encontrado. As razões para exclusão foram documentados.

Principais resultados: 

Não foram identificados ensaios para inclusão nesta revisão. A maioria das referências identificadas da nossa pesquisa informou sobre hordéolo externo ou hordéolo crônico. As poucas referências específicas para hordéolo interno agudo relataram na maior parte recomendações para tratamento ou relatos de séries de casos intervencionistas, estudos de caso, ou outros tipos de desenhos de estudos observacionais e foram publicados há mais de 20 anos.

Notas de tradução: 

Tradução da Unidade de Medicina Baseada em Evidências da Unesp, Brazil (Laryssa Kataki de Oliveira Veloso) Contato: portuguese.ebm.unit@gmail.com Translation notes: CD000000

Compartilhar/salvar